Vingança apimentada bagarai

Refilmagem de um cult dos anos 70 idolatrado por Quentin Tarantino, “Doce Vingança” (título português lixo para o original – e muito mais foda – “I spit on your grave”) não chega para mudar a cara do cinema de terror e nem acrescenta nada ao gênero. Mas cumpre direitinho ao que se compromete fazer. E diverte (de uma forma doentia, claro).

Jennifer Hills (Sarah Butler) é uma escritora que sai da cidade e vai para uma encantadora cabana na floresta para começar a produzir um novo livro. Lá, ela conhece uns caipiras malucos que acabam a estuprando. Obviamente, ela consegue escapar com vida e vai atrás de vingança. E que vingança, nego.

Todas as cenas são violentas ao extremo no mesmo nível de produções recentes desse tipo como “Jogos Mortais” e “Albergue”. Você sente náusea, torce o nariz e até tampa os olhos em algumas cenas. Vale muito o confere. De quebra, ainda rola uma pequena homenagem a “Amargo Pesadelo” (Deliverance), clássico filme dos anos 70 que deu origem a essa história de caipira-psicopata que assola 1/3 de películas de suspense.

Mais sobre o filme original de 1978: http://www.imdb.com/title/tt0077713/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s