Antes tarde do que nunca – Social Distortion no Brasil

 “Antes tarde do que nunca”. A surrada frase expressa bem o sentimento do público que foi ao Circo Voador, no Rio de Janeiro, assistir a aguardada apresentação do Social Distortion no Brasil. Na verdade, o próprio Mike Ness, vocalista, guitarrista e mentor da banda, foi quem  citou a frase durante o show ao pedir desculpas pela imensa demora em tocar na América do Sul. A questão é que ele não conseguiu se explicar muito bem, mas pouco importou para os mais de 1.000 fãs presentes. Todos estavam mesmo preocupados em escutar e apreciar algumas das canções compostas nos 31 anos de carreira de uma das mais influentes bandas de punk rock dos EUA.

Abrindo a noite, os locais do Carbona fizeram uma performance coesa, altamente “ramônico” e sem muita firula. Destaque para as canções em português. Poucos minutos antes da meia-noite sobem ao palco Mike Ness e companhia para delírio de todos no Circo. Ao som da instrumental “Road Zombie”, o Social Distortion debutava ao vivo os seus acordes em solo tupiniquim.

Na sequencia, emendaram “Under my thumb”, cover do Rolling Stones e presente em “White Light, White Heat, White Trash” (disco de maior sucesso comercial da banda lançado em 1996), “Bye, Bye baby”, “Bad Luck” (cantada a plenos pulmões por todos no Circo e o primeiro momento de pico da apresentação) e “Dont drag me down”.

Após o início arrebatador , veio a trilogia “old school”, com músicas do “Mommy’s Little Monster “, de 1983 e primeiro full lenght dos californianos: “The Creeps”, “Another State Of Mind” e a faixa-título. Nesse momento também aconteceu um pequeno tombo do quase cinquentão Mike Ness.  Após dar um pulo em um riff, ele perdeu o equilíbrio e caiu de costas. Mas, macaco velho, ele conseguiu dar um bico em um possível momento constrangedor e “fingiu” estar solando no chão.

Refeito da queda, Mike Ness seguia comandando o show e sendo o total centro das atenções, mas sendo perfeitamente acompanhado por  Jonny “2 Bags” Wickersham , guitarra, Brent Harding , baixo, e o estreante Scott Reeder  (ex- Fu Manchu), nas baquetas, que tocaram “Sick Boys”, “Reach For The Sky” e “Ball and Chain”. Nessas duas últimas canções, muitos fãs, na sua maioria com mais de 30, não se contiveram e deixaram escorrer algumas lágrimas assim como a sugestiva tattoo de Ness abaixo do olho esquerdo.

Na sequencia, veio “Highway 101”, “Gotta Know The Rules”, “Sometimes i do” e “Nickles And Dimes” e a pausa para o primeiro bis que contou com “Making Believe” e a inédita “Still Alive”, que estará presente no próximo cd previsto para sair em setembro e ainda sem nome definido.
Novamente a banda sai do palco para o segundo bis. Nesse instante, especulações davam o tom na pista: “Quais canções eles vão tocar agora? ‘Prison Bound’ ? ‘Ring of fire’ ? ‘I was wrong’? ‘cold feelings’ ? ‘Story of my life’?”. Minutos depois,  acertou quem arriscou as duas primeiras. Com direito a introdução no piano e tudo mais, “Prison bound”, do álbum do mesmo nome de 1988, agradou muito.  No entanto, não mais que “Ring of fire”, cover de Johnny Cash, que fechou com chave de ouro a apresentação de quase duas horas. A longa espera valeu a pena. Prova disso eram os fãs que ao reclamarem da ausência de algumas músicas, o faziam com um sorriso no rosto.

Set list
1. Road Zombie
2. Under My Thumb (Rolling Stones cover)
3. Bye Bye Baby
4. Bad Luck
5. Don’t Drag Me Down
6. The Creeps
7. Another State Of Mind
8. Mommy’s Little Monster
9. Sick Boys
10. Reach For The Sky
11. Ball & Chain
12. Highway 101
13. Gotta Know The Rules
14. Sometimes i do
15. Nickles And Dimes

Bis 1
14. Making Believe
15. Still Alive

Bis 2
16. Prison Bound
17. Ring of Fire (Johnny Cash  cover)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s