Sam Raimi é o cara

drag-me-to-hell-capaFazia tempo que não assistia a um bom filme de terror. Mas, graças ao mestre Sam “Evil Dead” Raimi eu voltei a me deliciar com uma ótima produção de horror. Trata-se de “Drag me to hell” (EUA, 2009), que conta a história da bela Christine Brown (Alison Lohman), uma ambiciosa bancária em Los Angeles que, um belo dia, para conseguir subir de cargo e impressionar seu chefe, recusa dar um empréstimo a uma velha cigana. Bom, a coroa fica fula da vida e roga uma praga em Christine… Até aí você vai dizer: “que manjado” ou “já vi isso em Maldição do Stephen King”.

Pois é, realmente a premissa não é uma das mais criativas, mas o desenrolar de toda essa trama é muito bem construído por Sam Raimi que, em vários momentos, acrescenta movimentos de câmera, uso de alguns efeitos especiais e sonoros que utilizou na trilogia “Evil Dead”. E o melhor: apesar de bem acabado,  o filme tem um q de trash, mas com um ritmo e bons sustos que te deixam grudado no sofá de tal maneira que poucas películas conseguem fazer nos últimos tempos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s