Slow motion replay. Som do dia #5

Spotify acho que foi o melhor App já inventado. E Nele tu procrastina em vez de ir dormir. E quando percebe, redescobre ou reescuta sons velhos absurdamente fodas. Afinal, tu nao passa de um replay em câmera lenta do que já foi um dia.

The more I see, the less I know

About all the things I thought were wrong or right

And carved in stone

So, don’t ask me about, war, religion, or God

Love, sex or death because
Everybody knows what’s going wrong with the world

But I don’t even know what’s going on in myself
Everybody knows what’s going wrong with the world

I don’t even know what’s going on in myself
You’ve gotta work out your own salvation

With no explanation to this earth we fall

On hands and knees we crawl

And we look up to the stars and we reach out and pray

To a deaf, dumb and blind God who…


Pics by cotidanofc

Anúncios

Ocupado fazendo nada. Som do dia #4

Sonzera do Shelter circa anos 90… noves fora tudo que sabemos do ray cappo, a letra é foda.

The masters slave at their occupations. Surrender to their boss and all of his dictations. Never questioning the situation. As each day flies on by so does their life’s duration. You never ask why, you’ve got a career. It’s nine to five, year after year. Is there a point behind mindless determination? Is there a goal behind all of the aggravation? It’s labeled success, it seems like sheer frustration. Like running a race, thats got no destination. You never ask why… Work like a dog, beg for your (time) free. The money gained is used to maintain things you don’t need. You desire to aquire all that you see. You’re getting more entangled though you thought that you’d be free.You never ask why, you’ve got a career. But there is a reason why we’re here. Don’t be busy doing nothing!

Foto by @cotidianofc

Straightline thinking. Som do dia #3

Subhumans. Sonzera britanica de 1985 ainda atual..

We are all controlled by reinforcement or rules
Passed by those who are merely the tools of a system
Where achievement is based on deceit of the masses
By someone in whom they believe
We are all controlled by the straightline thinking of straightline thinkers
Who gave up drinking and smoking to avoid being lower
Than their aspirations would allow them to go
We are all controlled by fear of the unknown
Because we re not told all that there is to know
About things we consider as normal existence
So we accept exploitation and show no resistance
We are all controlled in our thoughts and our actions
By things we were told by past generations
Of parents who used to rebel just the same as we do now so who gets the blame?
We are the rebels like the rebels before us
Pre-destined to scream in an out of tune

Chorus of voices repeating the words of the past
That diffuse in the process of ageing too fast
Deep in the soul if there is one it tells you to do
As you feel not as someone outside you dictates through their own misguided conception
Of what part you must play in this game of deception.

All pics by instagram.com/cotidianofc

O poder do pensamento negativo. Som do dia #2

De 2001, sonzera do Colligere. Aprendi muito com as letras dos caras.

#umsompordia #2

Como podemos agir
Quando nos acostumamos
A sentar e assistir?
As lições e o conhecimento
Estão no quadro.
A verdade e a salvação, no altar.
E as imagens da vida na tela.
Nós trocamos os desejos por aceitação.
Natureza é conflito.
Sociedade é submissão.
Agir não é apenas fazer alguma coisa.
Nossas ações constroem
E alteram a realidade.
Para que e para quem estamos agindo?
As pessoas têm seu papel
E você aprende o seu no jornal ou na escola.
Aprende em casa como se comportar,
Para ser um trabalhador passivo,
Ou um chefe insensível ou um ladrão.
Isto é educação, de qualquer forma.
Nos ensinam o destino, mas não de onde provém.
Somos apenas coadjuvantes
Neste espetáculo e talvez isto explique
A existência de heróis:
Pessoas como nunca vamos ser,
Livres e fortes.
Talvez isto explique a existência de ídolos,
Pessoas como nunca poderemos ser…
Você aprende o que comprar para esquecer
A falta de poder e liberdade.
Sua vida vai embora mas você reza
Para o tempo passar rápido,
Até o próximo fim de semana.
No final é apenas uma questão
De aceitar as regras, abrir mão
De algumas coisas para ter outras.
Natureza é conflito.
Sociedade é submissão.
A conveniência se impõe sobre a liberdade
E o poder sobre a vontade.
Quem constrói a verdade controla sua vida.
Cansados de perder alguns
Tentam mudar por dentro.

Foto by @cotidianofc

Rather be dead. Som do dia #1

Sonzera do refused. E lesma

#umsompordia #1

Rather be dead than alive by your oppression
Rather be dead than alive by your design
Poisoned my fingers
Burned out my eyes
Cut down my throat
To be alive
Rather be dead than alive by your social values
Rather be dead than alive by your tradition
Poisoned my fingers
Burned out my eyes
Cut down my throat
To be alive
Rather be alive

Foto by @cotidianofc

Cara a cara no Hell de Janeiro

E domingo tem Face to Face no Hell de Janeiro (saiba mais aqui). Abaixo, dois sonzinhos bacanas recentes dos caras e um cover muito irado do Pretenders que só descobri essa semana fuçando o Spotify.  Falando em spotify, fiz uma playlist com o fino do Face to Face e do Ignite (que tocará também aqui na cidade esquecida por Crivella).


Por que ainda ficamos tão surpresos
Cada vez que compramos uma mentira?
Por que não perseguimos a verdade
Mesmo quando é difícil de fazer?

E todos nós queremos é acreditar
Está tudo bem se nós estivermos um pouco enganados
Talvez nós estejamos perdendo o ponto em que estamos escutando mentirosos e ladrões

Você está envergado, mas você simplesmente não vai quebrar
Algumas coisas nunca vão mudar

Por demoramos tanto para dizer
Que eles descobriram uma outra maneira?
Por que somos tão rápidos para julgar
Qualquer um que não é como nós?

E todos nós queremos é acreditar
Está tudo bem se nós estivermos um pouco enganados
Talvez nós estejamos perdendo o ponto em que estamos escutando mentirosos e ladrões

Você está envergado, mas você simplesmente não vai quebrar
Algumas coisas nunca vão mudar

Você disse que nunca estaria de acordo, caminhando com o resto deles
Eu mal reconheço se há alguma coisa à esquerda de você
Eu quero algo mais


31s3qIzJhbL

 

 

Fugazi. Obrigado

You can’t be what you were

So you better start being just what you are

You can’t be what you were

Time is now and it’s running out

You can’t be what you were

So you better start living the life

That you’re talking about

You can’t be what you were

No movement, no movement, no movement

In a bad mouth

It betrays a bad mind